Kaká, sonho impossível?


Por que não?

Não há especulação.

É só uma ideia minha.

Que talvez seja apenas digna de pilhéria.

Mas, enfim, veja aí o que acha.

Quem sabe um ou dois amigos não concordam?

Kaká não é craque tal qual Ronaldo e Ronaldinho.

Mas é craque. Mais que Deco, Fred e Adriano.

Embora, penso eu, quando há a palavra "craque" na jogada, qualquer comparação se torna completamente desnecessária.

E tem mais, o "pacote" do brasuca-merengue vem com algumas vantagens.

Ele não inclui cigarro.

Nem bebidas.

Muito menos noitadas e baladas.

Contusões?

Uma recente e grave, mas fichinha se comparada ao histórico fenomenal, por exemplo.

Ok, as diversas qualidades profissionais, claro, trazem uma desvantagem para eventuais interessados no "produto".

Ao contrário dos bons e velhos colegas de Seleção que optaram por retornar ao país, Kaká tem mercado na Europa.

O poderoso Chelsea, é o que afirma o espanhol "As", estaria interessado.

Mas, por que não tentar?

Doutores do famoso marketing, onde estarão vocês?

Encham camisas com patrocinadores.

Criem Twitters especiais.

Sei lá, dêem um jeito.

Porque no mundo dos negócios "futebol", Kaká seria um investimento de risco bem menor.

Ou não?

Abraço!

Notinhas de uma segunda chuvosa:

Título é título - Foi uma pena o que aconteceu em Wembley. Sem tirar o mérito do Birmingham, o Arsenal merecia esse título. E discordo daqueles que dizem que a Copa da Liga ou mesmo um Estadual valem pouco. Sim, podem valer pouco d’ante a lógica mercantilista que assola o futebol “muderno”. Mas para o torcedor e para quem está brigando dentro de campo taça é taça. As festas na Inglaterra e no Engenhão ontem não me deixam mentir. 


Burrice contagiosa - Como assim demitir um treinador por conta da pressão da torcida? Até o senhor, doutor presidente santista?

Fred - Ano que vem, quem sabe...

Ronaldinho Gaúcho - O gol de falta foi lindo, o título justo. Mas espera lá, não zombem da minha pouca inteligência. Ronaldinho Gaúcho, personagem da Taça Guanabara? Ah, só se for na Apoteose...


Estupidez - Quanto mais eu conheço os humanos, mais aprecio os animais. O nome do cidadão é Luis Moreno, do colombiano Deportivo Pereira. No vídeo aí abaixo, o imbecil chuta impiedosamente uma pobre coruja, mascote do rival Junior Barranquilla. Caso você esteja desiludido com o mundo, nem assista a lamentável cena.


0 comentários:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author