CLÁSSICOS PARA DIRIGENTE VER.

Foi uma quarta-feira para nenhum torcedor botar defeito, além de muitos jogos de seleções pelo mundo, efetivamente sobressairam os três clássicos do futebol mundial: Brasil X Argentina, Inglaterra X França e Portugal X Espanha. Apesar do aspecto desportivo ser o principal efeito destes clássicos pelo menos para os torcedores, o pretendido nestes 3 jogos foi sensibilizar e “angariar” votos dos dirigentes da F.I.F.A. que irão decidir dia 02 de Dezembro de 2010 às organizações das Copas do Mundo de 2018 e 2022. Qatar, Inglaterra e Espanha/Portugal concorrem com as esperanças e com possibilidades bem concretas por estas organizações, apesar dos “boatos” de troca de votos ou se quiser, jogo sujo, compra de votos,etc., todos com estes jogos somaram pontos e portanto mantém boas chances na corrida pelas Copas de 2018 e/ou 2022.
Efetivamente falando do aspecto desportivo, Inglaterra e França realizaram o jogo mais “frouxo” dos três clássicos, como na Copa 2010, ingleses e franceses continuam em decadência embora a França tenha iniciado uma reestruturação na sua seleção, começando pela entrada do técnico Laurent Blanc mas ainda mantém-se longe da França de 1998 e 2000, pelo lado da Inglaterra continua a sua “saga” Capello.
Brasil e Argentina fizeram um jogo equilibrado, notoriamente ambas seleções tentando desfrutar de tabelas para vencer o adversário, com jogadores pouco entrosados pareceu quase impossível sair um gol, só mesmo uma falha defensiva ou um lance genial poderia acontecer o mais pretendido por todos, e foi o que aconteceu, levantando o público que já parecia adormecido com um futebol tão chato, graças a Deus havia Messi. Uma nota também para o selecionador brasileiro: ou convoca só jogadores que atuem só no Brasil ou vem à Europa assistir alguns jogos de quem está em grande forma e pode adicionar qualidade à seleção brasileira (Hulk e Marcelo, por exemplo), porque convocar só por "nome" acontece o que se viu, um Ronaldinho Gaúcho completamente fora do contexto, aliás como são a maioria das suas atuações no Milan.
*Terá Mano Meneses medo de viajar de avião???*
Para terminar, no clássico Ibérico, Portugal e Espanha realizaram um jogo corrido e muito técnico, Portugal aproveitou bem o excelente momento dos seus atletas, principalmente de Cristiano Ronaldo, Nani e João Moutinho para pressionar a campeã do mundo, vencendo convincentemente com uma goleada de 4X0. Poderia e deveria ter sido mais, senão fosse um erro clamoroso do árbitro e do seu auxiliar ao anularem um gol limpo ao português Cristiano Ronaldo, a propósito, foi um gol de “Placa”.

1 comentários:

  1. Pretty good post. I just came upon your blog and wanted to say that I have really enjoyed reading your blog posts.

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author