Maurício, o eterno levantador de ouro

O levantador Mauricio, campeão olimpíco em Barcelona em 1992 deu uma gostosa entrevista ao Blog do Bruno Voloch - UOL ESporte. 

Segue para vocês, espero que gostem.
Beijos e boa semana!


Nome completo: Maurício Camargo Lima

Data de nascimento: 27/01/1968

Local de nascimento: Campinas (SP)

Altura: 1,84 m

Peso: 79 kg

Residência: Macerata (ITA)

Clube: Macerata (ITA)

Posição: levantador

Participações em Olimpíadas: Seul-1988, Barcelona-1992 (ouro), Atlanta-1996, Sydney-2000, Atenas-2004 (ouro)

Campanha em Atenas ouro

Principais conquistas: ouro em Barcelona-1992 e Atenas-2004, campeão mundial (2002), da Copa do Mundo (2003) e da Liga Mundial (1993, 2001, 2003 e 2004)


Maurício: "A seleção está muito bem servida com Marlon e Bruno. Não vejo motivo para mudanças"

São 18 anos de seleção brasileira. Na bagagem, duas medalhas de Ouro em jogos olímpicos, um título mundial, 7 conquistas de sul-ameircanos e o tetracampeonato da Liga Mundial. São quase 600 jogos, 575 para ser preciso com a camisa do Brasil. Dirigente da Medley/Campinas, Maurício Camargo Lima, ou simplesmente Maurício, conversou com o blog e falou com exclusividade sobre mais essa conquista do vôlei nacional. Maurício elogiou Murilo, disse que a seleção era favorita, afirmou que Marlon merece ser titular e questiona a possível convocação de Ricardinho para o mundial.

blog: O que você achou da campanha da seleção na liga mundial ?
A seleção foi muito bem durante toda a liga mundial. Nós pegamos uma chave complicada com Holanda e principalmente a Bulgária, uma seleção forte, perigosa e muito técnica. Talvez esse tenha sido o grande diferencial a nosso favor, jogar contra adversários de bom nível como Holanda e Bulgária.

Mas essa seleção não passava confiança diferente de outros anos ... 
Derrotas como aquela para a Holanda fazem parte do processo, diria até que é normal. Acho que essa desconfiança foi mais por parte dos torcedores e de alguns setores da mídia. Olhando de fora, nunca tive essa desconfiança, sempre acreditei na seleção e no potencial dos jogadores. O Brasil foi sempre assim, cresce nos momentos de adversidade e de desconfiança.

E o desempenho na fase final ?
Nas finais achei que realmente não jogamos bem contra a Argentina, mas sacamos muito no quinto set e esse fundamento foi decisivo. Melhoramos demais contra a Sérvia e evoluímos diante de Cuba, especialmente com as alterações feitas pelo treinador.


O próprio Bernardinho dizia que o Brasil não era favorito. Você concorda ?
Não. O Brasil sempre será favorito e era o mais cotado para ser campeão. Cada vez mais a seleção consegue enfrentar e encarar essa responsabilidade de ser favorito. Me lembro que foi assim em 2004 na Olimpíada de Atenas, soubemos administrar o favoritismo e ganhamos a medalha de ouro.

O que tem feito então a diferença a nosso favor ?
Nossa camisa pesa muito, pode apostar. Eles sabem que no momento decisivo normalmente o Brasil acaba ganhando. Mas isso é em função de um passado recente de vitórias, que tive a honra de participar. Seleções como Rússia, Cuba e Sérvia sentem demais quando nos enfrentam.

Você não esqueceu da Itália ?
Não. A Itália já era. Os caras pagaram um preço alto demais por não terem renovado a seleção. Me lembro que no campeonato italiano as equipes tinham 4 estrangeiros e dois italianos por time, não dá. Isso matou a Itália.


Quais seleções podem dar trabalho no mundial ?
Não vai fugir muito do que vimos na liga. Bulgária, Rússia, Sérvia e talvez Cuba. O Brasil é ainda longe os melhor, estamos um degrau acima dos demais. A seleção é a que mais treina, temos a melhor estrutura e muito talento.


Quem é hoje o melhor jogador da seleção ?
Murilo. Não tenho dúvida em afirmar isso. Ele é o pilar dessa seleção, amadureceu como homem, atleta e hoje é imprescindível. Ele mereceu ter sido eleito o melhor jogador da liga, teve todos os méritos. Nas finais curiosamente o Dante jogou melhor, mas achei o título do Murilo muito justo.




Isso quer dizer que o Giba perdeu espaço como titular ?

O Giba é espetacular, um craque de bola. Agora é diferente, ele está ajudando a equipe na experiência, no convívio e sua presença no grupo é fundamental. No momento, que pode ser passageiro, ele é banco. Mas Giba tem que estar entre os 12. Ele precisa caminhar ano a ano, mas levaria ele sem pensar duas vezes para o mundial da Itália.

O elenco do Brasil faz ainda é o melhor ?
Sim, mas sem essa de que começou hoje. Essa história não é de agora. Nós sempre ganhamos os principais titulos com 12 e nunca com 6 jogadores somente.


E o Marlon mereceu terminar a liga como titular ?

Achei justo e coerente. Nesse momento, o Marlon está melhor que o Bruno.


Porque o Bruno não rendeu o esperado nas finais ?
 Isso faz parte da carreira de qualquer jogador. O Bruno é muito novo ainda, é talentoso, um ótimo menino, de caráter e não precisa provar nada para ninguém. Não custa lembrar que ele era o titular quando o Brasil ganhou a liga no ano passado na decisão contra a Sérvia.


Ele ficou muito abalado com a situação. Isso pode ser um problema ? 
Acho que não. O Bruno já passou por momentos mais complicados na carreira e superou. Espero que ele consiga superar mais essa etapa.


Você acha que Ricardinho tem que ser convocado para o mundial ? 
 É uma opção de quem convoca a seleção. Eu digo que a seleção está muito bem servida no momento com Marlon e Bruno. Os dois se completam e não vejo motivo para mudanças. Acho que existe hoje uma harmonia grande entre os jogadores e o grupo está fechado e unido. Julgo que é preciso ter a aceitação total dos jogadores.

O Ricardinho teria tempo suficiente para entrar em forma ?
Muito complicado porque o tempo é curto. O mundial começa em dois meses.


Quem você convocaria então para o mundial ?

O Escadinha seria um grande reforço. Esse cara é um fenômeno e não existe jogador igual a ele no mundo. Não vai aparecer outro Escadinha nem daqui a 20 anos.


Qual a parcela do treinador em mais esse título ? 
Olha, acho que ele é um belo treinador. Motivador, exigente e penso que o grande mérito do Bernardinho é conseguir passar para o grupo confiança no trabalho que é realizado. Ele transmite isso de uma maneira extremamente positiva. Os jogadores acreditam nele.

Fotos: Uol Esportes e Vôlei na Rede
Visitem o blog do Bruno Voloch e confiram

1 comentários:

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author