Um Brasil de Dunga que vence e agora convence.


Juro a vocês que a ideia principal desse texto era elogiar Dunga pela “coragem” de escalar Ramires, ao invés de Josué, no lugar do machucado Felipe Melo. Embora não tenha sido brilhante, o ex-cruzeirense deu outra cara ao meio-campo desse Brasil cada vez mais mortal na arte de contra-atacar. Mas como o Sr. Carlos Verri parece não saber viver sem uma “cornetada”, aí vai: ô professor, por que tu não tiraste os pendurados logo que o time abriu 3 a 0?

No mais, os canarinhos foram bem. Depois de um começo de partida complicado, o gol achado na cabeça de Juan tranquilizou as coisas. Do jeito que Kaká e companhia gostam, os suicidas chilenos viraram presa fácil para as saídas em velocidade que resultaram nos tentos que definiram um 3 a 0 até certo ponto tranquilo, mas que não deve servir de parâmetro para o confronto contra a Holanda na próxima sexta-feira.

Não que os laranjas façam uma Copa brilhante até aqui. Pelo contrário. Surpreendentemente pragmáticos, parecem estar cansados de “sempre encantar, mas nunca ganhar”. Que tenhamos então cuidado com eles.

No entanto, mesmo diante do talento de nomes como Robben e Sneijder acho que a Seleção de Dunga entrará em campo carregando o favoritismo, não só pelo peso da camisa, mas, sobretudo, pela segurança da defesa e pela matreirice de matar o rival na hora exata.

É claro que as coisas podem ser mais fáceis, dependendo do onze que o treinador mandará a campo. Felipe Melo, ficou nítido, não pode ser titular. Se Ramires, suspenso, não pode jogar, que se coloque, por exemplo, Dani Alves ali de segundo volante. Há que se criar alternativas também a um eventual bloqueio aos laterais, principalmente Maicon, travado em uma parte da peleja por Mark González.

Foi boa de verdade a vitória brasileira, em que pese a burrice de “Loco” Bielsa, que mandou seus comandados de cabeça no precipício ao tentar armar uma blitz contra o Brasil mais alemão da História.

Humildade, raça e vibração. Se falta um tantinho de talento, sobram essas virtudes para os Dunga Boy’s. Que eles se mantenham assim, pois o dia 11 de julho é um céu perfeitamente alcançável.


Por Roberto Junior


0 comentários:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author