São Paulo demonstra espírito de Libertadores e cala Mineirão.

 Ontem no Mineirão o São Paulo resistiu a pressão do Cruzeiro e garantiu um excelente resultado na estreia de Fernandão.

O jogo foi equilibrado, disputado lance a lance como exige uma Libertadores.

Rogério Ceni segurou o ataque celeste e contou com a sorte em outros lances.

Na frente Fernandão estreou muito em e deu um toque de inteligência que faltava. Participou do lance dos dois gols. Assim como Amoroso em 2005, chegou para dar qualidade ao ataque.

O Cruzeiro conheceu sua primeira derrota na competição jogando em casa.

Dagoberto fez o primeiro aos 23 do primeiro tempo após triangulação com Fernandão e Marlos.

No segundo tempo quando o Cruzeiro era todo ataque, o São Paulo contratacou e Fernandão puxou a marcação, deu de calcanhar para Hernanes bater de canhota e ampliar.

Aos 26 minutos Fernandão recebeu em posição legal, invadiu a área e foi derrubado por Fábio, o bandeira deu impedimento.

O jogo pegou fogo e logo  em seguida Guerrón chutou cruzado, mas Júnior César salvou em cima da linha.

Thiago Ribeiro fez um golaço, mas novamente o assistente errou e marcou impedimento inexistente.

Era mesmo noite do Tricolor, em nova chance do Cruzeiro, a bola sobrou para Roger do bico da área pequena e ele bateu cruzado, a bola caprichosamente tocou nas duas traves e voltou.

Agora no Morumbi o Cruzeiro precisa vencer por 3 gols de diferença. Acho improvável que isto aconteça.


FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO 0 X 2 SÃO PAULO
Estádio: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 12/5/2010 - 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Oscar Ruiz (Fifa-COL)
Auxiliares: Abraham Gonzáles (COL) e Humberto Clavijo (COL)
Renda/público: R$ 1.422.892,04 / 48.602 pagantes.
Cartões amarelos: Jonathan e Roger (CRU); Xandão, Hernanes, Richarlyson, Alex Silva e Dagoberto (SAO)
GOLS: Dagoberto, 23'/1ºT (0-1); Hernanes, 20'/2ºT (0-2).
CRUZEIRO: Fábio, Jonathan, Gil, Thiago Heleno e Diego Renan (Guerrón, 10'/2ºT); Fabrício (Fábio Santos, 16'/2ºT), Marquinhos Paraná, Henrique e Gilberto (Roger, 33'/2ºT); Thiago Ribeiro e Kléber. Técnico: Adílson Batista.
SÃO PAULO: Rogério, Alex Silva, Xandão e Richarlyson; Cicinho (Jean, 37'/2ºT), Rodrigo Souto, Hernanes, Marlos e Júnior César (Jorge Wagner, 34'/2ºT); Dagoberto e Fernandão (Washington 32'/2ºT). Técnico: Ricardo Gomes.



Saudações Tricolores!!!

2 comentários:

  1. Achei que o Fernandão ia chegar no São Paulo só para atrapalhar, que o tempo dele já era.

    Mas o que foi aquele passe de calcanhar para o segundo gol tricolor?? Esculachou!

    ResponderExcluir
  2. Ah, o Fernandão... como é estranho vê-lo com outra camisa...

    Bela vitória em Minas.

    Espero encontrá-los na semi!

    Abraço.

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author