Acabou

Por que não jogamos assim na quarta passada?

Por que não jogamos assim o ano todo?

O Flamengo que entrou em campo ontem foi completamente diferente de qualquer outro que disputou as partidas desse ano até agora. Não pela escalação, mas pela atitude. Desde o apito inicial, muita garra, muita vontade, mas infelizmente tudo em vão.

Mas ainda assim tinha muita coisa errada: para que entrar com tanta gente na marcação, e deixar o Pet no banco? Para que entrar com o Michael, que errou tudo o que tentou, e deixar o Pet no banco? Para que deixar o Pet no banco???

Martelamos o tempo todo no primeiro tempo, mas só criamos de verdade depois de levarmos uma bola na trave, daquele que seria nosso algoz. Léo Moura respondeu na mesma moeda (a baliza deve estar balançando até agora), e depois de mais algumas chances desperdiçadas, eis que Kléberson mostra que o Dunga não é tão maluco, e apara de cabeça para o Adriano, que tenta uma bicicleta que acaba virando uma assistência maravilhosa para a conclusão do Artilheiro do Amor. No apagar das luzes do primeiro tempo, a chama da esperança se acendia!

No segundo tempo, turbinados pela entrada do Pet, fomos cada vez mais para cima, mas as chances eram disperdiçadas uma a uma. Até que veio o golpe final. O camisa dez dos caras foi indo, a zaga foi abrindo, ele foi indo, a zaga foi abrindo, e quando o
Bruno foi sair para fechar o ângulo, o cara mostrou que não é camisa dez à toa. Toque de cobertura a la Robinho, e o sonho Rubro-Negro mais uma vez virava pesadelo.

Ainda conseguimos o gol da vitória, a primeira sobre o Universidad, diga-se de passagem. Bela jogada, com toque de calcanhar de Adriano, toque de calcanhar de Léo Moura, e a finalização imperial para as redes.

Ainda tivemos algumas chances no finalzinho, mas o Pacheco achou melhor cavar o pênalti do que seguir a jogada... a mentalidade do jogador brasileiro não muda nem na hora do aperto.

Mais uma vez, fomos eliminados no Maracanã. Pois um time que leva três gols em casa não merece prosseguir na Libertadores. Agora chegou a hora de esquecer isso e focar no Brasileiro. Reforçar é preciso, já que deve ir uma galera embora no meio do ano. Sem Love, Adriano e Pet, o que sobra? Um ataque cardíaco, um meio-campo cehio de cabeças-de-bagre, e uma zaga que parece peneira. Parece que o time que foi Campeão ano passado desaprendeu a jogar, então é hora de mudanças. A começar por cima. Sem treinador vai ficar complicado esperar alguma coisa boa no fim do ano...

Mas que fique de lembrança a disposição dos jogadores na partida de ontem. Que isso possa se repetir cada vez que o Mais Querido entrar em campo.

Saudações Rubro-Negras,
Rafs

2 comentários:

  1. Pois é meu amigo não deu para o Flamengo, mas jogaram com vontade. Este time do Chile é mesmo uma pedra no sapato de vcs.

    ResponderExcluir
  2. Rafa a tua ficha ainda não caiu. Esse time é uma bosta. Ganhou o Brasileiro ano passado, por que os outros vacilaram.
    O único que joga nesse time é o Pet, mas vacilou naquele jogo com o fluminense e viraram o retrato dele para a parede. O resto é pra gato jogar terra em cima. Livro a cara do Léo Moura, do Juan que voltou a jogar bola e do Pet. E só!!!! Tá na hora de usar a vassoura e jogar essa cambada no lixo!!! Adriano, Kleberson ,V. Love,Bruno, Alvaro e curriola não merecem vestir a camisa do Mengão.

    SRN

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author