FOI APENAS UM EMPATEZINHO MAS VALEU A CLASSIFICAÇÃO.


No duelo entre Palmeiras e Atlético Paranaense pela Copa do Brasil deu empate e valeu a classificação para as quartas de finais ao time Alviverde Palestrino.

Mesmo jogando o primeiro tempo melhor que o adversário o time do Palmeiras não encontrava o caminho do gol, até pênalti o atacante alviverde perdeu executando a polêmica paradinha, mas o Palmeiras não se abateu e foi pra cima do time da casa, que por sinal estava cheia parecendo um caldeirão.

No segundo tempo o verdão ainda melhor e ainda não encontrando o caminho do gol, foi prejudicado com uma arbitragem MEDONHA, o arbitro Gutemberg de Paula Fonseca em apenas um lance deixou de marcar uma falta para o time alviverde quando o jogador atleticano meteu a mão na bola e seguiu o lance, apitou um pênalti do zagueiro Leo que nem encosta no jogador atleticano, e como diz o ditado “QUEM NÃO FAZ TOMA”, resultado Atlético 1X0 Palmeiras, e assim se caminhava pra a decisão nos pênaltis. Eis que surge uma jogada quase que individual de Márcio Araújo levando a bola ao fundo de campo, fez um passe pra trás e deixou Lincoln sozinho na cara do gol só pra empurrar a bola pras redes, isso aos 43 do segundo tempo. Que sufoco!

Gol salvador da pátria alviverde, mas convenhamos qualquer outro resultado seria injusto, a derrota levaria o Palmeiras aos pênaltis e como pênaltis é loteria poderíamos ficar de fora das quartas de finais, e pelo futebol que o Palmeiras apresentou nos 90 minutos no Palestra somados aos 90 minutos da Baixada, merece sim a classificação porque o Atlético não jogou nada, só fez o gol porque o arbitro errou em dois lances que originou o pênalti mal marcado.

Mas também não mereceu ganhar essa partida quando teve tudo pra fazer os gols e liquidar logo com o jogo, não fez e em certos momentos parecia que não levavam a sério a necessidade de fazer o gol, e deu no que deu, passou sufoco e por pouco não perde a vaga que estava em suas mãos.

Vendo o Palmeiras jogar até mesmo quando joga bem, me certifico que em alguns setores ainda precisa de contratação de jogadores, precisa de um jogador com faro de gols, Robert até melhorou e faz os gols mas ta longe de ser o “Matador” que o Palmeiras precisa, ontem imaginei Lincoln jogando com Fred do Fluminense. Espero que no campeonato Brasileiro o lateral Vitor arrume os cruzamentos do Palmeiras e que venha mais jogadores pra melhorar a qualidade desse time, porque assim ta difícil, e não vai dar pra encarar um Brasileirão.

Não mesmo!


Bom se não goleamos fizemos a nossa parte, mas temos que melhorar ou o Palmeiras ficará de fora de qualquer decisão das competições que participar.

Fica o pedido...

Contrata Verdão!!


A Arbitragem:

Olha que arbitragem medonha do Sr. Gutemberg de Paula Fonseca e seus auxiliares, Ricardo de Almeida e Wagner de Almeida Santos: Um pênalti não existente de Leo. Uma falta não marcada que originou no pênalti não existente: o jogador atleticano desvia a bola com a mão, e o bandeira viu. Um cartão amarelo para o jogador do Palmeiras Lincoln que não fez a falta, o jogador atleticano que ele marcava pisou na bola e foi ao chão (ridículo). Excesso de cartões foram 9 cartões amarelos e 1 vermelho. Alguns jogadores relatam que o arbitro xingava os atletas das duas equipes o tempo todo.


Considerações finais:


A torcida do Atlético Paranaense lotou o estádio e se via muita gente protestando contra o “macaco” de Danilo, eram caras pintadas e uma coreografia mandando o zagueiro alviverde tomar em algum lugar que não era o copo.

Também fizeram um mosaico na torcida pedindo respeito.

Parabéns a torcida atleticana que mesmo gritando palavrões soube fazer o manifesto de forma adequada e até bonita, sem violência que era o que todos temiam.

Parabéns ao Danilo por se portar educadamente e sofreu calado suportando toda a sua “punição”, e principalmente por admitir o erro e pedir desculpas. Mas ainda merece uns joguinhos de suspensão para nunca mais fazer o que fez, ou pra servir de lição aos que gostam de fazer imbecilidades.

Parabéns a Lincoln o melhor jogador do Palmeiras em campo e por fazer o gol salvador.

Parabéns ao técnico alviverde que colocou o time pra jogar na frente, e por se comportar de maneira "histérica" quando viu que o gol não saia e que seu time estava de "brincadeira" no ataque, assim demonstra que não tem sangue de barata e que ele realmente estava com vontade de vencer. É o mínimo que se pode esperar de um treinador, que ele tenha vontade de vencer.
O santinho:

Manoel zagueiro da polemica, no jogo da volta não deu a mão a Danilo no inicio de partida, está no seu direito, mas deu uma cotovelada no rosto do meia Lincoln que o arbitro não marcou, mas levou uma baita chamada de atenção do meia Diego Souza. Lembrando que a confusão toda no primeiro jogo se deu a uma cabeçada de Manoel em Danilo que fez a merda que fez.
Indiscutivelmente Danilo merece uma punição mas Manoel mostrou que de santinho ele não tem nada.


Palmeiras minha vida é você!!


5 comentários:

  1. O empate ontem veio no final. Mas a classificação foi justa.

    ResponderExcluir
  2. Jonas na verdade passamos o jogo todo empatado...rsrrs em 0X0 e quando o Atlético fez o gol de pênalti mal marcado continuamos empatados em 1X1 somando os dois jogos... ai Lincoln fez o gol do palmeiras e empatamos o segundo jogo... Deu pra entender mais ou menos a idéia?...rsrrs mas no final ganhamos por 2X1 e merecidamente como vc falou, a classificação foi justa. bjs e obrigada por passar aqui!

    ResponderExcluir
  3. O Verdão tá demorando pra contratar...

    E cuidado com esse time do Atlético/GO... há pouco tempo atrás eliminou o Grêmio da Copa do Brasil, e isso que eles se dizem "copeiros".

    ResponderExcluir
  4. Minha querida amiga e eterna parceira RaGaZZa!! Um dos motivos da minha ausência, fora os compromissos pessoais, são tantas opiniões controversas sobre o desempenho do Palmeiras. Estamos com um time em formação e é natural que existam oscilações de desempenho. No meu modo de ver, ainda precisamos de um ATACANTE de fato, e resolver o dilema de Diego Souza, se é envolvimento ou comprometimento. De resto, leio as mesmas balelas e besteiras que me cansam e me puxaram para uma nova linha de postagens sobre Fórmula-1, que é um esporte que eu sou apaixonado e tenho um mínimo de competência para comentar. Voltando ao Palmeiras, eu sempre achei que o problema sempre foi mais psicológico do que técnico ou tático. Vestir a camisa do Palmeiras não é apenas uma troca de roupa ou "um clube a mais", e sim uma história recheada de glórias e muito, mas muito respeito. Melissa Voltarelli, além de competente, pode trazer de volta a auto-estima que vem arrastando o Palmeiras nos últimos anos. Acredito que o Palmeiras tenha plenas condições de chegar às finais da Copa do Brasil, porém, contra vergonha na cara, não basta psicologia, e sim uma dose de comprometimento incondicional, amor as tradições e muito futebol (seja na técnica, na raça, ou no que der). Se nossa torcida tem estatisticamente cerca de 15 milhões, seria prudente que uma grande parte começasse deste princípio, mudando a estrutura mental perdedora e crítica, para uma postura mais apaixonada e vibrante. Critiquem o que está errado, mas não detonem o que temos em campo. Nadar contra a correnteza já é difícil, que dirá com uma melancia amarrada ao pescoço? BEIJOS, MINHA QUERIDA AMIGA!!!

    ResponderExcluir
  5. Alice o verdão ta contratando, o ruim é quem ele contrata... ai Rina como é bom te ver aqui!! =) seja bem vindo em seu retorno.... bjs

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author