Toda ousadia será premiada, Wenger!


A primeira etapa foi um massacre. Soberano, o Barcelona logo tomou conta do jogo. Adiantando a marcação e, como de costume, tocando a bola com perfeição, os comandados de Guardiola chegaram, se não me falha a memória, à incrível marca de 16 chutes a gol em 17 minutos de jogo.

Assustados, os meninos do Arsenal nem de longe lembravam o time solto de outros carnavais. A coisa estava feia e, para piorar, o bom Arshavin precisou ser substituído já no início, devido a uma lesão.

Visivelmente preocupado com seu sistema defensivo, o técnico Arséne Wenger aproveitou a deixa e mandou a campo o marfinense Eboué. De nada adiantou. Messi, Xavi e seus asseclas continuavam a desfilar toda sua habilidade pelo gramado do Emirates.

Aliás, antes de prosseguir a narrativa da noite de gala em Londres, é vital que sejam digitadas algumas palavras específicas sobre essa joia de equipe que faz jus à alcunha de "melhor do mundo".

O onze catalão é um tributo a todos aqueles que verdadeiramente amam o futebol. Mudam-se as peças, mas permanece imutável o bom trato com a pelota. Como disse certa vez o jornalista André Kfouri, o jogo bonito nada mais é que característica genética, impregnada nas hélices do DNA de quem veste a camisa blaugrana.

Pois bem, depois de 45 minutos sem gols, Ibrahimovic tratou de tirar o incômodo zero do placar antes do primeiro minuto da segunda etapa, graças a um belo toque por cobertura que "matou" o, até então, perfeito goleiro Almunia.

Aos 14´, a vaca londrina deu a impressão de que se atolaria até a cabeça no brejo da desclassificação, quando Ibra, outra vez, ampliou o marcador em favor dos visitantes.

Foi aí então que "tio" Wenger resolveu ousar. Tal como um kamikaze, o francês sacou o lateral-direito Sagna e lançou o ponta-direita - meia-atacante nada! - Walcott. Aposta certeira. Infernal, o guri desmontou o setor defensivo do Barça, sendo premiado com um gol apenas 2 minutos depois de entrar na partida.

Revigorado, o Arsenal equilibrou as ações e partiu cima em busca do empate, sendo recompensado aos 39´, quando Fábregas sofreu e cobrou com maestria o pênalti que deu números finais ao placar.

Para o jogo de volta na semana que vem, creio não haver favoritos. Mesmo jogando no Camp Nou, o Barcelona deve encontrar grandes dificuldades, sobretudo por ter perdido sua zaga titular, suspensa devido a cartões. Em contrapartida, o time inglês também sofrerá com possíveis e importantes baixas, visto que Arshavin, Gallas e Fábregas saíram de campo contundidos.

De qualquer forma, ficam aqui as mais sinceras congratulações aos jogadores de ambas as equipes pelo jogo incrível que protagonizaram hoje. E viva o futebol bem jogado! Uma boa noite e um abraço a todos!


Por Roberto Junior (Colaborador de futebol internacional)


2 comentários:

  1. Sua análise foi perfeita, se me permite adicionaria apenas o "fator" que mudou o sentido da partida: substituição de Ibrahimovic por Henry: ora vejamos antes do jogo, Henry exclamou que não queria jogar contra seu ex-clube e não é que bastou entrar em campo para o "jogo" mudar! com Ibrahimovic o Barça manteve o jogo controlado e com um ponto de referência no ataque com ligítimas possibilidades de ampliar o placar que se encontava a seu favor por 2X0, foi substituído exatamente por Henry que completamente fora de contexto e uma forma física francamente mau para um atleta da melhor equipe do mundo, resultado o Barça perdeu a posse de bola e os "ingleses" (salvo seja) pois só tinha um em campo, acreditaram que poderiam avançar e tentar reverter o resultado e na base da raça conseguiram empatar, embora com um penalty no mínimo duvidoso, enfim! mesmo assim ainda acredito que o Barça seja o grande favorito na eliminatória, apesar de tudo, continua sendo um resultado positivo. Mas principalmente com uma "Mea Culpa" de Guardiola na substituição que mudou o sentido da partida e manteve as esperanças inglesas na eliminatória.
    Grande abraço.
    Ricardo Fernandes.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o Fernandes, a saída do Ibra acabou com o poderio ofensivo do Barça. Mas as substituições do Arsenal deram muito certo também!!

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author