Para espantar os fantasmas

Depois de um jogo sem brilho na quarta-feira, o Flamengo voltou a jogar bem. Goleada sobre nosso algoz do ano passado, e todos os louros dedicados ao Imperador, que volta a viver um momento complicado fora de campo.

O time do Resende não assustou muito. Não é nem sombra daquele que nos assombrou no sábado de Carnaval do ano passado. Os quatro gols feitos pelo Mais Querido só não foram mais porque o goleirão adversário estava inspirado, e fechou o gol, dentro do possível (e até um pouco do impossível também). Foi o destaque do time alvinegro.

Pelos lados da Gávea, o desfalque de Adriano era o mais sentido. Tudo bem, ele viajou com a Seleção, assim como o Kléberson. Mas o clima depois do barraco entre ele e a noiva, presenciado por boa parte do nosso elenco, estava pesando. Tanto que, após a vitória, Bruno, Love e os demais trataram logo de dedicar a vitória ao companheiro, sabendo do momento difícil pelo qual ele deve estar passando.

Voltando ao jogo: como falei, o Fla só não abriu o placar mais cedo porque o goleirão Cléber não permitiu. Mas Bruno Mezenga, o Rei do Gado, e também do Raulino de Oliveira, marcou o primeiro, ainda na etapa inicial. Quarto gol dele no campeonato, todos eles no Estádio da Cidadania. No segundo tempo, o Fla controlava a partida, e Vinicius Pacheco comandava o time. Como a torcida quer sempre ver show, começaram a pedir pelo Pet. E no momento exato em que ele ia entrar (para jogar ao lado do Pacheco, e não substituindo-o) falta na entrada da área. É gol, certo? Certíssimo! Mas não do Pet. Léo Moura vai mostrando que leva jeito para a coisa, e marcou, repetindo o feito da estreia na Libertadores. Aí a porteira abriu de vez.

Pet e Pacheco mostraram que podem se dar muito bem juntos, quando o sérvio lançou e a nossa grata surpresa desse ano balançou as redes. Pra fechar a goleada, gol do artilheiro do campeonato, o Artilheiro do Amor. Love chega aos 10 gols em 9 partidas! E por pouco não faz mais um, encobrindo o goleiro... mas a bola bateu no travessão.

Vitória para dar uma acalmada nos ânimos, que, mesmo com os 100% de aproveitamento, estavam começando a ficar tensos. E às vésperas de mais um jogo pela Liberta, temos que estar muito bem relaxados e preparados para enfrentar mais um desafio.

Enquanto isso, fora das quatro linhas, Adriano fala novamente em parar de jogar. Oras, se toda vez que ele brigar com a patroa ele pensar em pendurar as chuteiras, é melhor então já ir preparando a TV, porque o Dunga não deve ter gostado nem um pouco disso. E como a vaga no ataque tem sempre muita gente boa disputando, é melhor não dar nenhum mole...

Quarta tem Mengão e Caracas, lá na Venezuela. Que a "Família Flamengo" possa estar unida e focada na vitória, e os eventos ocorridos durante a semana passada não afetem em nada o desempenho de nossos atletas. Principalmente do Imperador! Como o jogo é fora de casa, é provável que nosso treinador-ídolo vá com três zagueiros, e há poucas chances de vermos Pacheco e Pet juntos, pelo menos desde o princípio. Mas seria uma boa ter dois homens de criação no meio-campo, para variar um pouco...

Saudações Rubro-Negras,
Rafs

1 comentários:

  1. O Flamengo têm tudo para subir no campeonato, elenco, força e torcida, embora os problemas de Adriano e Petkovic continuem a "povoar" a Gávea. Será a "reprise" de 2009???
    Grande abraço.
    Ricardo Fernandes.

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author