Dodô volta a marcar e Vasco vence Bangu no sufoco


Dodô acaba com o jejum e faz um gol na vitória sobre o Bangu

O Vasco venceu o Bangu nesta quarta feira por 2 a 0, no Engenhão e como já havia previsto o técnico Vágner Mancini na vespera do jogo, o time não teve uma boa atuação, mas atingiu o seu objetivo somando mais três pontos, mantendo-se na 1ª colocação do seu grupo.

Sem Carlos Alberto, que se recupera de dores no pé, o time do Vasco entrou em campo buscando a vitória, mas o 1º lance de perigo foi do Bangu. Somália recebeu e chutou, mas Fernando Prass defendeu com os pés. Logo a seguir foi a vez do Vasco fazer uma grande jogada. Fágner tocou para Élton que devolveu a Fágner. O lateral passou para Dodô, que driblou o zagueiro e chutou no travessão.

A jogada despertou os cruzmaltinos que passaram a dominar o jogo, mas sem conseguir penetrar na área banguense. Em um chute de fora da área, Philippe Coutinho quase marcou. Com dificuldade para furar o bloqueio, o time vascaíno começou a errar muitos passes. Aos 31, Élder Granja entrou no lugar de Fágner. No intervalo, Vágner Mancini disse que o lateral sentiu dores na perna. Aos 42min, Philippe Coutinho bateu falta, e o goleiro Diogo Silva espalmou.

Para a 2ª etapa, a equipe voltou sem alterações, mas logo aos 6, Fumagalli se machucou e teve que dar lugar a Robinho. Aos 7, o Bangu desperdiçou boa chance com Sassá. Depois desse lance, o Vasco melhorou. Em boa jogada de Philippe Coutinho, Souza chutou de esquerda levando perigo ao gol do Bangu. Aos 9, foi a vez de Coutinho dominar e bater com perigo para meta banguense.

O Vasco crescia no jogo, e logo em seguida abriu o placar. Aos 11, Dodô tabelou com Élton e na siada do goleiro tocou para o fundo das redes, fazendo Vasco 1 a 0 e encerrando o jejum de gols que já o incomodava a três jogos.

Depois de sofrer o gol, o Bangu veio a frente e aos 14, Tiano percebeu Fernando Prass adiantado e chutou da intermediária, o goleiro do Vasco teve que se esticar todo para evitar o empate. Aos 25, o mesmo Tiano acertou a trave cruzmaltina, em boa cobrança de falta.

O Bangu passou a incomodar o Vasco na bola parada. Aos 26, Tiano aproveitou cruzamento da esquerda e acertou um ótimo chute, que passou rente à trave de Fernando Prass. Três minutos depois, o camisa 10 do Bangu cobrou outra falta da entrada da área para grande defesa de Prass, que espalmou para escanteio.

Aos 35, Márcio Careca, que já havia recebido cartão amarelo, foi expulso pelo árbitro Eduardo Cordeiro. Um minuto depois, Tiano quase empata em outra cobrança de falta, mas Fernando Prass, mais uma vez fez outra grande defesa.

Aos 46, já nos acréscimos, Philippe Coutinho fez boa jogada puxando um contra-ataque rápido pela esquerda. Na entrada da área tocou para Fernando que frente a frente com o goleiro, empurrou para o fundo das redes, fazendo Vasco 2 a 0, e garantindo assim mais uma vitória vascaína.








1 comentários:

  1. Nossa, o que aconteceu com o Vasco? Isso é efeito da derrota na final?

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author