Coutinho dá show, mas Vasco fica só no empate.


Philippinho deu show, e fez o gol de empate contra o ASA.

Jogando num campo de dimensões bastante reduzidas e debaixo de um sol de quase 40º, o Vasco empatou com o ASA de Arapiraca, em 1 a 1, nesta tarde de quarta feira pela Copa do Brasil. Apesar de jogar fora de casa, os cruzmaltinos tiveram o apoio dos cerca de cinco mil torcedores que lotaram o pequeno estádio em Alagoas.

Philippe Coutinho mais uma vez deu um show a parte, a jóia vascaína, fez jogadas que encantaram os torcedores presentes ao estádio Nelson Feijó. A primeira chance do Vasco veio aos 5 minutos, em bom chute de Rafael Carioca. Aos 12, foi a vez de Fernando levar perigo ao gol do time da casa.

Mas foi aos 14 que o Vasco teve sua melhor chance com Philippe Coutinho que matou no peito, deixou o zagueiro no chão e chutou forte no canto, para a grande defesa de Paulo Cesar. Dois minutos depois, novamente Coutinho arriscou o chute e deu trabalho ao goleiro adversário.

Aos 24, após cruzamento da esquerda, a zaga do ASA rebateu nos pés de Márcio Careca, mas o lateral chutou mal, por cima do gol. O gol vascaíno parecia uma questão de tempo, mas a partir daí quem começou a chegar com perigo foi o adversário.

Após lançamento, Júnior dominou e tocou na saída de Fernando Prass, mas a bola passou rente à trave esquerda. Aos 38, Celso recebeu lançamento de Fábio Lopes e cruzou para Júnior. O atacante limpou o lance e chutou forte, no canto direito de Fernando Prass, fazendo 1 a 0 ASA. O Vasco ainda teve a chance de empatar aos 43, com Rafael Coelho, mas a bola passou por cima do travessão.

Na volta para o segundo tempo, Philippe Coutinho seguiu infernizando a zaga adversária. Logo no 1º minuto, partiu para cima do zagueiro, deu uma "caneta" nele, mas chutou em cima da zaga. Logo depois, Gian cobrou falta de longe e o goleiro alagoano fez boa defesa. O ASA deu a resposta aos 7, com Rodriguinho, que chutou de primeira e obrigou Prass a ceder escanteio.

Pouco depois, aos 12, após levantamento para área, Jota, cabeceou para fora. Aos 17, Élder Granja chutou e o zagueiro cortou a bola com a mão fazendo pênalti. Na cobrança, Philippe Coutinho, com categoria, deu a paradinha e rolou no canto direito do goleiro para empatar o jogo aos 18 minutos.

Com o gol, os cruzmaltinos se animaram e partiram para cima, mas encontraram dificuldades para furar a forte retranca do ASA, que se aproveitava das dimensões reduzidas do campo para fechar os espaços. Ainda assim, o Vasco teve duas boas chances de virar o jogo com Rafael Coelho, aos 38, e Souza, aos 41.

Aos 44, Philippe Coutinho fez o segundo gol vascaíno, mas o árbitro marcou falta de ataque, no lance anterior. Com o resultado de 1 a 1, o Vasco fará o jogo de volta, no dia 31-03, em São Januário, precisando apenas de um empate em 0 a 0, para passar a próxima fase da Copa do Brasil.

2 comentários:

  1. A cada jogo que passa eu fico mais triste pela iminente saída do Coutinho. Mesmo ele jogando por nosso maior rival. Ele meio que simboliza uma geração de prováveis grandes jogadores, que vão muito, muito muuuuuito cedo pra Europa. E o agravante: subiu cedo para os profissionais, e não pipocou!
    Nessas seguidas atuações abaixo do esperado do Vasco, ele é o único que se salva.

    ResponderExcluir
  2. esse ASA me da medo!! te cuida Vasco.. bjs Roberto!

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author