Com o pé direito

Começa a Libertadores-2010 para o Mengão!! E começamos bem, com uma boa vitória sobre o Universidad Católica, do Chile. A vitória poderia ter sido por um placar mais elástico, mas está muito bom para a estreia.

Na verdade, não começamos com o pé direito. Começamos com o braço esquerdo. De Willians no rosto do adversário, logo aos dois minutos de bola rolando. Mais um cartão vermelho para o Fla nessa temporada... Tinha tudo para passarmos sufoco, sermos pressionados, e corrermos o risco de estrear com um tropeço em casa.


Mas o time chileno continuou mais preocupado em se defender, e o Mais Querido continuou sendo mais perigoso no ataque. E numa falta de frente para o crime, saiu o primeiro gol. Léo Moura, cobrou muito bem e balançou as redes ao melhor estilo Zico. Aí, mesmo com um a menos, o jogo se encaminhava para um final tranquilo, pois o (fraco) time adversário teria que sair um pouco mais.

Então o jogo ficou em banho-maria, algumas chances para lá, uma bola na trave nos assustando aqui... até que o capitão e craque do time chileno foi expulso, por pisar no Torozinho no final da primeira etapa. Dez para cada lado, o jogo ia ficando cada vez menos complicado.

Veio o segundo tempo e com ele o segundo gol do Mengão. Léo Moura, o nome do jogo, roubou a bola na defesa e disparou para o campo adversário. E com um toque sensacional, deixou o Imperador na cara do gol, só precisando dar um toquinho para tirar a bola do goleiro e colocá-la no fundo das redes chilenas. Festa da torcida, que começou a sonhar com uma goleada.

Mas o placar parou por aí. E não por falta de chances, até porque o Vágner Love sofreu um pênalti que cobrou por cima do gol. Troféu Roberto Baggio para ele!! Enquanto isso, o Obina ia fazendo 5 gols em algum lugar do Brasil... Ai, ai...

Mas começamos bem, e com um detalhe muito importante: Não levamos gol! Tudo bem que
o adversário não era lá um grande testa para nossa (nova) defesa, mas convenhamos que os pequenos do Rio também não o eram, e tomamos um caminhão de gols no primeiro turno do Estadual. Fabrício foi muito seguro, e me impressionou também a aplicação do Juan na marcação. Com a expulsão do Willians, todos tiveram que correr um pouco mais lá atrás, e o time foi muito bem nesse quesito.

Próximo desafio será contra o Caracas, na terra de Hugo Chávez, dia 10 de março. Sinceramente acho que nosso maior rival no grupo será o Universidad de Chile, terceiro adversário nessa fase de grupos, então creio que voltaremos da Venezuela com mais três pontinhos.

No fim de semana começa a Taça Rio, mas a cabeça continua na Libertadores.

Saudações Rubro-Negras,
Rafs

0 comentários:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author