TIMÃO VENCE BRAGANTINO EM NOITE DE FESTA NO PACAEMBÚ.



quarta-feira, 20 de janeiro de 2010
TIMÃO VENCE BRAGANTINO EM NOITE DE FESTA NO PACAEMBÚ.


O Corinthians, nesta quarta-feira, derrotou o Bragantino por 2x1, no Pacaembu, com gols de Elias e Jorge Henrique para um público de mais de 34 mil pagantes, e de R$ 1.1 milhão de renda. Os destaques da noite foram os jogadores Ralf, Elias, e Jorge Henrique, e a presença marcante do torcedor corintiano.No primeiro tempo, o Timão agradeceu a presença da Fiel com um gol logo no primeiro minuto de jogo. Jorge Henrique fez passe certeiro para Iarley na área, que bateu na saída de Gilvan. A zaga do Bragantino ainda tentou tirar a bola, mas Elias surgiu na área, furou com o pé direito, mas, na sorte, acabou por tocar com o pé esquerdo, e abriu o marcador para o Corinthians . A vantagem deu a falsa impressão de que o Timão iria passear em campo, mas trombou com um Bragantino bem preparado taticamente, e que com forte marcação, jogou de igual para igual, e frustrou todas as ações do ataque corintiano. Aos 33 minutos, em contra-ataque,e no único vacilo da zaga corintiana, Paulinho , do Braga, dominou a bola na entrada da área, tirou Chicão da jogada, e chutou a direita do goleiro Felipe, empatando o jogo. A partir do empate o Bragantino se fechou, atraindo o Timão para o seu campo, e o fazendo se expor. O Timão se lançou ao ataque, mas acabou por desperdiçar as chances que surgiram. Ronaldo, muito parado, e Tcheco, sem achar o seu posicionamento ideal, não foram bem.
No segundo tempo, sob chuva, o Timão voltou sem alterações, e impôs pressão sobre o Bragantino. A marcação excelente do Bragantino não deu espaço para o Corinthians, que martelou constantemente a defesa interiorana. Aos 14 minutos de jogo, o técnico Mano Menezes tirou Iarley e colocou Dentinho, que deu mais movimentação ao ataque. Não demorou para surtir efeito: aos 18, Ralf cruzou na área, a defesa rebateu, e Jorge Henrique pegou na entrada da área, e bateu à esquerda de Gilvan. Delírio da Fiel, que ignorou a forte chuva e fez a festa. Aos 25, Tcheco saiu para a entrada de Jucilei, entre vaias e aplausos. Com o meio de campo corintiano povoado, o jogou perdeu em emoção. O susto ficou por conta de Roberto Carlos, que estreou bem, mas num carrinho, deslizou para dentro do banco de reservas, onde ficou, levemente contundido, dando lugar a Boquita. O jogo, a partir de então se arrastou, pois o Timão passou somente a se defender, e viveu da disposição excepcional do atacante Jorge Henrique. Três pontos, e alguma evolução do time corintiano.
Foto: lancenet.com

1 comentários:

  1. Belo gol o do Jorge Henrique...

    Pensei que o RC6 fosse fazer o primeiro dele, nakela cobrança de falta onde a bola passou no meio de todo mundo, e foi rasteirinha... achei que o goleirão fosse engolir, mas acabou pegando firme

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author