Ou eles... Ou ninguém!

Dizem que “quem avisa amigo é!” Então o Atlético pode ficar contente que pelo Brasil existam tantos rivais amigos. Durante todo o Campeonato Brasileiro os adversários tentavam alertar com brincadeiras e provocações, dizendo que Celso Roth era igual refrigerante dois litros, que vai muito bem até a metade, mas no final acaba o gás. Dito e feito! Porém era impossível levar as gozações a sério...

Infelizmente, para os atleticanos, a profecia dos rivais se concretizou e com isso foi embora o sonho do título e até mesmo a vaga na Libertadores. Com cinco derrotas nos últimos cinco jogos foi impossível manter Celso Roth no comando do Galo.

As especulações surgem, mas a torcida só aceita dois nomes: Vanderlei Luxemburgo ou Levir Culpi. Um se despediu do Santos no mesmo fim de semana que Roth. Já o outro é técnico no Japão e dificilmente retornaria para o time que dirigiu na Série B de 2006. Mas isto não interessa... A massa atleticana quer um destes nomes!

O presidente Alexandre Kalil entende e conhece a força da fanática torcida. Logo quando assumiu trouxe o técnico que eles pediram. Todos sabiam que não era o nome preferido do presidente, mas ele escutou a torcida. Emerson Leão chegou, tentou, mas fracassou. Com a queda de Leão a torcida deixou nas mãos de Kalil a escolha, que foi Celso Roth. Depois de um Brasileirão inteiro, chegou a hora de despedir o gaúcho.

Kalil é destes mandatários que sabe se relacionar com a torcida. Ele escuta, tenta entender e faz o que é possível. Sempre com sua forte personalidade. Não é daqueles dirigentes que joga a responsabilidade para os torcedores para se livrar da culpa em caso de fracasso. Ele é um torcedor no comando, que entende as vontades e desejos da apaixonada massa. Terá que correr para anunciar um novo técnico e começar o planejamento de 2010. Caso não consiga Luxemburgo ou Culpi, aí a torcida vai chiar... E ele sabe disso!


4 comentários:

  1. Luxemburgo acabaria de vez com o Galo!!!! Ora de apostar em um Silas, Dorival !!! e deixar o trabalho rolar por ao menos 02 anos!! Abs

    ResponderExcluir
  2. A profissão de técnico acho que é uma das profissões mais injustas, ora que muitas vezes tem que engolir muitos "sapos". Como coloquei no meu blog no Activo: Atacante bom é aquele que faz gol. Goleiro bom é aquele que evita gol. E técnico bom, quem é? O grande estrategista, que domina as teorias? O paizão, que trata os jogadores como crianças crescidas e carentes, necessitadas de compreensão e apoio?
    O tático, capaz de “virar o jogo” no intervalo, com alterações surpreendentes? O que revela jogadores? O que lida bem com estrelas? O que sabe “ler o jogo”? O que estuda os adversários? Ou, simplesmente, o vencedor?
    Alguém sabe responder?? Muitos criticam a postura dos técnicos, mas acho que a derrota do time em si, não cabe somente a ele. O que adianta uma pessoa elaborar, projetar, esquematizar e etc... se na hora h aqueles que devem realizar parecem esquecer tudo o que aprenderam durante anos...
    Diego Tardelli, errar um penalti... Ninguém esperava por isso.
    Quanto a Vanderlei não acho que ajudaria muito o time mineiro.
    Belo Post!
    Abraços Celeste

    ResponderExcluir
  3. Dorival de bob aí... não fica no Vasco, não vai pro Grêmio... nome ideal pro Galo!

    ResponderExcluir
  4. É, quando a gauchada falava achavam que era piada... não é por nada que o Roth é conhecido por aqui por ter o "DNA do fracasso". Não tem jeito do cara emplacar... triste para a torcida atleticana, que na minha opinião merece muito mais.

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author