Cimed e Palmeiras?


Eu sou contra. Meu time de vôlei não pode vestir a camisa do meu arquirival no futebol.

O presidente do Palmeiras está em negociação com o patrocinador para trazer o time campeão brasileiro de vôlei( Super Liga) para São Paulo. Perguntados sobre essa possibilidade os jogadores do Florianópolis disseram que preferem a capital catarinense.

Eu também!

Agora, amanhã às 15h o Cimed - Florianópolis( Não Palmeiras) estréia no Mundial:

Tabela:

Grupo A:

- 3/11 - TRENTINO BETCLIC (ITA) x ZAMALEK (EGY)

- 3/11 - ZENIT KAZAN (RUS) x COROZAL (PUR)

- 4/11 - ZAMALEK (EGY) x COROZAL (PUR)

- 4/11 - TRENTINO BETCLIC (ITA) x ZENIT KAZAN (RUS)

- 5/11- ZENIT KAZAN (RUS) x ZAMALEK (EGY)

- 5/11 - COROZAL (PUR) x TRENTINO BETCLIC (ITA)

Grupo B:

- 3/11- PGE SKRA BELCHATOW (POL) x AL-ARABI (QAT)

- 3/11 - PAYAKAN (IRI) x CIMED (BRA)

- 4/11- AL-ARABI (QAT) x CIMED (BRA)

- 4/11- PGE SKRA BELCHATOW (POL) x PAYAKAN (IRI)

- 5/11- PAYAKAN (IRI) x AL-ARABI (QAT)

- 5/11- CIMED (BRA) x PGE SKRA BELCHATOW (POL)

O mundial estará testando uma nova regra no voleibol, A FIBV, a entidade que controla a modalidade tenta criar mais uma dificuldade para os potentes ataques. A ideia é que o terceiro toque após o saque seja efetuado atrás da linha dos três metros – os contra-ataques e as bolas de segunda seguem sem restrições.

A regra é considerada contraditória pelo técnico Marcos Pacheco, da Cimed. “É um grande contrastante. Se vingar, o líbero está com os dias contados. Temos que colocar os centrais para passar e quanto mais atacante do fundo, melhor. Não vai ser vantagem ter um jogador somente defensivo, porque temos a necessidade de atacar também”, explicou.

Os jogadores de uma forma geral não gostaram das mudanças:

Marcos Pacheco
"A regra não deveria ser testada em uma competição tão importante. Mas vamos trabalhar com alternativas e criatividade para conseguir" - (Globoesporte.com)

Mário Júnior
"Eles querem que tenham mais ralis, como no feminino. Com essa nova regra, a bola vai bater mais no bloqueio e vai demorar mais a cair" - ( Globo Esporte.com)

Lucão:
Uma das minhas principais características é o ataque. Nunca fui excepcional no bloqueio e estou melhorando o saque agora. Então não gostei nem um pouco. O jogo fica mais fácil e previsível também” ( Uol Esporte)

Éder:
“Para o meio-de-rede não foi muito boa. A vantagem é que estamos treinando. Se as outras equipes não tiverem, com certeza vai ter muito erro” - (Uol Esporte)

Bruninho:
“Meu trabalho ficou mais burocrático. Um levantador médio, que saiba sacar bem e colocar nas três posições do fundo pode se igualar a um craque como o Ball [campeão olímpico com os EUA], porque tem menos variáveis" ( Uol Esporte)

Thiago Alves
" Eu ainda estou sofrendo um pouco. Mas no último treino comentamos que o jogo está fluindo ao natural. No começo a gente esquecia até de jogar, pensando o que não podia fazer. Como deu para treinar algumas variações, acho que a Cimed pode sair um pouco na frente. Mas não sei como os outros times estão fazendo." (Uol Esporte)

"Tem que ter mais paciência, porque vai ser pesado encarar o bloqueio deles. Eles são maiores, mais fortes. Não vão sentir tanto. Temos que compensar com o intensivão que fizemos" ( GloboEsporte.com)

Sobre o Mundial:

O técnico Marcos Pacheco terá sua primeira experiência internacional e está animado e confiante, veja abaixo a expectativa dos jogadores:( Vôlei na Rede)

Marcos Pacheco:
"A Cimed tem essa característica de lutar sempre, temos muitas conquistas em pouco tempo. Sabemos das dificuldades, e da qualidade dos adversários, mas acima de tudo, vamos lá pra ganhar. Não vamos lá passear, nossa vontade é muito grande de ser campeão mundial”( Vôlei na Rede)

Lucão:
“Comecei a acompanhar o vôlei a partir de 2002, então não tinha nem ideia que já havia acontecido um Mundial. Será uma experiência nova, estou em um lugar que qualquer atleta do Brasil gostaria de estar. Acho que a ficha só vai cair quando estiver lá. É uma responsabilidade grande representar o Brasil, que tem tradição no voleibol” ( Vôlei na Rede)

Éder:
"Com certeza será um campeonato muito forte, e muito disputado. Mas acredito que nossa equipe é a mais indicada para representar o Brasil, até pelo nosso histórico nos últimos anos”

Bruninho:
“Estaremos representando nosso país. Faço parte do projeto da Cimed desde o início, e sei o quanto lutamos e superamos as dificuldades para chegar até aqui. Disputar o Mundial é um momento de muita felicidade. Faremos de tudo para conseguir um bom resultado. Nunca tivemos grandes investimentos, nem contratamos jogadores a peso de ouro. Porém, temos um projeto sólido. Acredito que a Cimed é um exemplo a ser seguido por outras equipes, e que outras empresas possam investir mais no esporte”

Thiago Alves
Consciente do momento único em sua carreira como jogador, o atacante espera aproveitar ao máximo cada momento. “Talvez eu nunca mais dispute um torneio deste porte, afinal, não se sabe se a Federação Internacional de Vôlei irá manter essa ideia. Acho que deveriam existir mais em torneios intercontinentais como esse. Acho muito legal, porque são motivações a mais para os atletas, para as equipes e patrocinadores. Vamos colocar nosso coração em quadra, e trazer esse título para o Brasil”,

Amanhã começa. Vamos torcer!!! Quem não estiver trabalhando assiste, me conta e dividimos a coluna, certo?

4 comentários:

  1. Sobre a associação entre clubes (de futebol) e equipes de vôlei, acho excelente. É muito melhor torcer para (ou contra) seu time de coração do que para um remédio genérico ou operadora de celular...

    Sobre a nova regra, achei ridícula. Concordo plenamente com o Marcos Pacheco.

    É dar uma passo atrás, depois de tantas inovações super legais, como a criação do lívero, por ex.

    ResponderExcluir
  2. Eu não sou muito a favor da associação dos clubes de volei com times de futebol,sou a favor de as empresas patrocinarem e administrarem o volei,esse negocio de clubes de futebol patrocinarem times de outras modalidades não da certo.Agora sobre a nova regra é pura encheção de linguiça,o volei esta otimo e dinamico do jeito que estava,mas creio eu que essa nova regra não vai durar muito para o bem do volei.

    ResponderExcluir
  3. Em minha opinião seria excelente dar o nome de clubes tradicionais a equipes de voleibol, com certeza iria atrair mais público para a modalidade. Sobre a nova regra, pelo que vi no "esporte espetacular" poucos estão de acordo, contudo só o tempo dirá se esta nova regra vingará!!!???
    Grande abraço.
    Ricardo Fernandes.

    ResponderExcluir
  4. Tá que nem no Basquete o Palmeiras quer vender sua marca.. Mas eu acho que deveria ser com algum time de São Paulo né... SObre a nova regra.. ficou estranha, jájá não vão por 2 redes mais uma linha ...rssssss

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author