Tudo o que eu desejei eu conquistei ao lado dele


Parece discurso de marido e mulher, mas são as palavras de Emanuel: "- Tudo que desejei no vôlei de praia eu consegui ao lado do Ricardo" 

É com lágrimas nos olhos, nó na garganta, aperto no coração que Ricardo e Emanuel anunciam o fim da dupla mais vitoriosa do vôlei de praia brasileiro. Foram 7 anos.

Juntos conquistaram muitos títulos individuais e em equipe. Na história que escreveram, duas medalhas olímpicas (ouro em Atenas-2004 e bronze em Pequim-2008), cinco títulos do Circuito Mundial, um do Campeonato Mundial, três do Circuito Brasileiro e o Pan-Americano do Rio 2007.

Foto:  De blusas trocadas por Raphael Andriolo/ Globo Esporte.com

A dupla treinava em João Pessoa e com o casamento de Emanuel ele passou a residir no Rio de Janeiro dificultando os treinamentos, único motivo apontado pela dupla.

"É o momento de dizer que não vamos jogar juntos em 2010. Eu vim morar no Rio de Janeiro depois que casei com a Leila (ex-jogadora de vôlei) e as coisas ficaram mais difíceis, porque treinamos em João Pessoa (PB). Mas foi uma separação gostosa, uma decisão da dupla. O vôlei de praia precisa da nossa experiência para ser passada para as outras gerações - disse Emanuel"


Transcrevo para vocês logo abaixo alguns trechos da entrevista concedida ao Globo Esporte.com, emocionante.

Lembro-me do Rei da Praia de 2009, quando Ricardo jogou ao lado de Pedro Cunha, como pesou a experiência, era nítido como dava dicas ao jovem carioca.

O mesmo era possível ver quando Emanuel jogou ao lado de Pedro Solberg.

Assim será no ano que vem, eles serão alicerce para quem está começando um novo trabalho.

Ricardo possui três medalhas olímpicas: uma de bronze, uma de prata e uma de ouro.
Quem conseguiu esta grandiosidade?

Ficam os nossos agradecimentos, nosso aplauso, nossa admiração. Quanto me emocionei ao vê-los jogar? Muito! Guardem as fotos e as histórias, os vídeos e o exemplo. Sucesso nesta nova fase.

....................................................

Campeões olímpicos Ricardo e Emanuel anunciam o fim da dupla após sete anos
Globo Esporte. com

Juntos desde 2002, atletas do vôlei de praia conquistaram ouro em Atenas-2004 e bronze em Pequim-2008, além de títulos individuais e em equipe

Enquanto Emanuel mostra desenvoltura com as palavras, Ricardo tem um estilo mais tímido, reservado. Dentro de quadra os papéis se invertem: Ricardo é força, explosão, e Emanuel é o cérebro, concentração. Depois de sete anos de união e muitos títulos individuais e em equipe, chegou a hora dos campeões olímpicos de vôlei de praia anunciarem a separação. Na bagagem, duas medalhas olímpicas (ouro em Atenas-2004 e bronze em Pequim-2008), cinco títulos do Circuito Mundial, um do Campeonato Mundial, três do Circuito Brasileiro e o Pan-Americano do Rio 2007. (assista ao vídeo com o ouro olímpico em Atenas 2004)


Nesta sexta-feira chuvosa no Rio de Janeiro, as características e emoções de Emanuel e Ricardo se igualaram e, com os olhos marejados, os dois confirmaram que não dividirão o mesmo lado da quadra no próximo ano, em entrevista ao Jornal Nacional e ao GLOBOESPORTE.COM. A dupla continua junta até o fim desta temporada. Ainda faltam quatro etapas do Circuito Brasileiro: João Pessoa (PB), Recife (PE), Maceió (AL) e, a despedida, Salvador (BA).


Legado para as futuras gerações

A ideia de Ricardo e Emanuel é trabalhar com outros jogadores e tentar passar tudo o que eles aprenderam e acumularam de experiência até então. A missão: garimpar atletas para as Olimpíadas de Londres (2012) e do Brasil (2016).

- Juntos temos muita sabedoria e qualidade. Em 2010 vamos procurar novos talentos no vôlei de praia. Será um processo de longo prazo visando 2012 e 2016. Queremos levar experiência para os outros jogadores e mostrar que é possível formar uma dupla campeã como a nossa - ressaltou Emanuel, que foi eleito duas vezes o "Rei dos Reis" e três o "Rei da Praia".


Parceiro contra parceiro?

- Jogar um contra o outro? Isso ainda não passa pela minha cabeça. Joguei contra ele no "Rei da Praia" e me senti muito constrangido. Seria como jogar contra alguém da minha família - constatou Emanuel.


A parceria que começou em agosto de 2002 será encerrada no fim de novembro de 2009, na etapa de Salvador do Circuito Brasileiro (25 a 29/11). No anúncio da despedida, Ricardo vestiu a camisa com o nome de Emanuel e o parceiro fez o mesmo em uma homenagem mútua. Um abraço fraterno selou o fim do encontro, que eles preferem chamar de "evolução". Quem sabe eles não se esbarram no futuro, nos bastidores do vôlei de praia?

- Será muito difícil ter outra dupla campeã como essa no Brasil. A gente sempre imagina que não vai ter fim nunca. Na verdade, não existe um fim, existe uma evolução - finalizou Emanuel.


As conquistas da dupla
Ouro nas Olimpíadas de Atenas-2004
Bronze nas Olimpíadas de Pequim-2008
Ouro no Pan-Americano do Rio-2007
Cinco títulos do Circuito Mundial
Um título do Campeonato Mundial
Três títulos do Circuito Brasileiro

Vídeo: Ouro em Atenas


2 comentários:

  1. A melhor dupla de Volei do mundo de todos os tempos. Mas tudo um dia acaba, o Brasil perde a dupla, mas ganha dois excelentes jogadores para dar experiencia a outros jovens promissores. Abs

    ResponderExcluir
  2. o Brasil perde a dupla, mas ganha dois excelentes jogadores para dar experiencia a outros jovens promissores [2]. E eles ganham um pouco mais de fôlego, ao lado de dois jovens promissores

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author