Sem comentários.


O cenário foi todo montado. O script milimetricamente escrito. Parecia que essa era a hora. Rubens Barrichello, depois de 15 anos de tormento, tornar-se-ia herói nacional. A vitória no Brasil seria o início da arrancada rumo ao tão sonhado título mundial. Peço desculpas aos amigos, principalmente Douglas e Deco, os donos do Blog, mas me recuso a fazer a análise técnica do GP do Brasil. Não importa saber, nesse momento, como Rubens Barrichello, de Pole Position veio a cair para a 8ª posição. O que interessa a esta altura é que a categoria máxima do automobilismo mundial tem em Jenson Button seu mais novo campeão. Alguns dirão que o inglês não merece tal honra. Mentira. Jenson, tal como Rubens, não é um extraclasse, é verdade Entretanto, foi deveras eficiente enquanto a Brawn teve o melhor carro - venceu 6 corridas. Sendo assim, é digno de toda reverência. A Rubens ficam aqui as mais sinceras congratulações. Para quem estava à beira da aposentadoria, o papel desempenhado em 2010 foi acima da média. Espero sinceramente que,mesmo sem o título, o brasileiro tenha angariado algo que lhe é devido há muito tempo: o respeito de todos. Abraços para vocês!



Por Roberto Junior

5 comentários:

  1. A verdade é dura mas é inclemente. Rubens Barrichello é uma grande mentira e só tem esse status porque perdemos nosso verdadeiro piloto, Senna. É fraco dentro e fora das pistas e ainda tem uma mancha em sua carreira inesquecível. Senna parou, automobilismo de formula 1 no Brasil acabou. Essa é a realidade.

    ResponderExcluir
  2. Mais legal do que o mecânico conversando ontem com o Rubinho ("P1 in Brazil, dude!") foi o Button cantando o clássico do Queen no rádio.

    Considero o Rubinho um piloto de certa forma azarado. Mas em Interlagos esse azar é potencializado!!!

    ResponderExcluir
  3. Rubinho = Vergonha Nacional do Automobilismo !

    ResponderExcluir
  4. Gosto do Deco, porque ele chega e chuta logo!!! ahahahaha, eu tenho pena do Rubinho... pode? Acho que sim,né?

    ResponderExcluir
  5. Lambanças, trapalhadas, empurrões e por fim o "coadjuvante mor" ainda conseguiu perder até o segundo lugar no campeonato. Ainda quantos anos teremos que esperar por um "verdadeiro campeão" brasileiro na F1??...é Senna! fazes muita falta à torcida brasileira...
    Grande abraço.
    Ricardo Fernandes.

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author