O nome é Bruno, não é Ayrton.


Enfim, Bruno Senna arrumou emprego na Fórmula 1. Com a notícia, - que por sinal é muito boa - veio a esperada histeria em cima da volta do sobrenome mais famoso do automobilismo brasileiro às pistas. Muita calma nessa hora, gente. Por vários fatores, não há como exigir de Bruno o mesmo desempenho de seu tio no início de carreira. Primeiro, porque a estreia será em uma equipe que é uma incógnita - a novata Campos. Tudo bem que "titio" Ayrton fez sua temporada inicial pilotando uma carroça - a Toleman, em 1984 - , mas há de se ressaltar que, além do talento acima da média, na época, a capacidade do piloto compensava em maior escala as deficiências de equipamento. Certamente, também pesará contra Bruno a falta de rodagem, devido aos anos em que ficou sem competir, em razão do trauma causado pelo trágico acidente de San Marino. Pedir moderação nas cobranças no esporte, quando há um nome de peso envolvido, é chover no molhado. Não que Bruno não vá ter condições de, ao menos, marcar alguns pontos na temporada. Torço para que isto aconteça. Entretanto, criar expectativas desmedidas em relação ao seu desempenho é praticamente uma covardia. Foi assim que começou a ser queimada a carreira de um certo Rubens Barrichello. Abraços!

Por Roberto Junior

3 comentários:

  1. Excelente texto, cara.

    Espero mesmo que ele tenha sido contratado pela sua capacidade. Falta experiência? Sim, assim como falta a Alguersuari, Grosjean e outros meninos que começaram na F1 esse ano.

    As poucas corridas dele que eu vi ele realmente mostrou que sabe das coisas. Que ele consiga se dar bem na F1!!!

    ResponderExcluir
  2. Bruno não será Senna pois as raridades só aparecem de vez enquando na terra. Nunca teremos outro Pelé e provavelmente jamais teremos um Presidente da República que passou fome e hoje governa o País, bem ou mal.Beatles nunca mais. Santos dos anos 60 pode esquecer. São estrelas que passam e quem viu,viu. Temos que nos contentar e não exigir de seres humanos normais, aquilo que extra-terrestres faziam.

    ResponderExcluir
  3. É isso aí mesmo. Deixa o guri trabalhar! Comparações e pressão de nada ajudam.

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author