Botafogo visita Cerro Porteño pela Sul-Americana


A melhor maneira de vencer um adversário é conhecer seus pontos fortes e principalmente seus pontos fracos. O Botafogo viajou até o Paraguai, pra enfrentar hoje o time do Cerro Porteño, em jogo válido pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. Este time é considerado um dos principais clubes do Paraguai, time que conta com a maior torcida do país, oitavo colocado no campeonato paraguaio, conhecido como " El ciclón", já foi campeão nacional 28 vezes. Já chegou 5 vezes as semifinais da Libertadores. O principal jogador da equipe já teve passagem pelo futebol carioca, o atacante Cezar Ramirez, "El Tigre".
Na equipe alvinegra, o técnico Estevam Soares deve mandar a campo um time misto, visando poupar os prinicipais titulares para o jogo de domingo, contra o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, porém o comandanate alvinegro vive um misto de expectativas boas que permeiam com idéias contrárias. Esse mesmo time paraguaio, foi o que eliminou a boa equipe do Goiás da competição, então Estevam Soares imagina as dificuldades que terá pela frente, com a equipe limitada que tem em mãos.
A expectativa de todo torcedor é que o time obtenha a vitória, mesmo jogando contra time de grandes expressões, contra os bons da praça. Então é essa a minha torcida e grande expectativa, que o glorioso consiga vencer hoje e trazer uma grande vantagem na bagagem pro jogo de volta em solo brasileiro. Não custa nada acreditar.

FICHA TÉCNICA
CERRO PORTEÑO X BOTAFOGO

Local: Estádio General Pablo Rojas (Olla Azulgrana), em Assunção (Paraguai)
Data: 21 de outubro de 2009, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Sergio Pezzota (ARG)
Assistentes: Roberto Reta e Norberto Moyano (ambos da ARG)

CERRO PORTEÑO: Diego Barreto, Diego Hérner, Luis Cardozo e Iván Piris; Julio Irrazábal, Javier Villarreal, Jorge Brítez, Luis Cáceres e Carlos Recalde; Jorge Núñez e Roberto Nanni
Técnico: Pedro Troglio

BOTAFOGO: Jéfferson, Juninho, Emerson e Wellington; Thiaguinho, Fahel, Léo Silva, Lúcio Flavio e Diego; Víctor Simões (Jóbson) e André Lima
Técnico: Estevam Soares


Saudações Alvinegras!!!


Por Elicicilia dos Santos

1 comentários:

  1. É complicado participar dessa copa. Se ganhar ,não significa muito, mas se perder, abala a moral. Tem que jogar com time misto. A probabilidade de ganhar diminui. Então como fica? É uma boa ou não entrar nessa copa? Eu sinceramente não vejo pontos positivos. Mas vamos torcer para que o Bota represente bem o Brasil.

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author