Furacão devastou o Corinthians no Pacaembú!



Um Pacaembú quase lotado assistiu, neste sábado, ao Atlético-PR derrotar o Corinthians, com gols de Paulo Baier, Wallyson e Wesley por 3x1, tendo Jucilei descontado para o time da casa. A derrota praticamente enterra o segundo semestre do Timão, que demonstra não ter conseguido refazer-se do desmanche sofrido no meio da temporada.
O jogo começou truncado devido a forte marcação do Furacão. O Timão procurou obter o controle do jogo trocando passes no meio de campo, mas sem conseguir organizar jogadas ofensivas com o estreante Edno, que não encontrou espaço. Elias, bem marcado por Rafael Miranda, e Ronaldo preso na marcação do bom zagueiro Manoel, fizeram com que a torcida corintiana não ficasse muito animada, Os dois times fizeram um primeiro tempo muito brigado, sem muita emoção onde o Atlético-PR conseguiu ser até um pouco mais perigoso, e ameaçado o Timão,com Marcinho concluindo jogada de Ney rente a trave corintiana. Sem criatividade, o Timão somente aos 36 minutos atacou com maior perigo com Edno, em cobrança de escanteio, cruzando para Dentinho, que não tinha aparecido no jogo, cabecear para fora, e desperdiçar a chance. O Corinthians foi para o vestiário devendo futebol ao torcedor e precisando equacionar um escape da boa marcação paranaense, que conseguiu neutralizar o time.
Veio o segundo tempo,e após jogada de perigo na área corintiana que obrigou o goleiro Felipe trabalhar pela primeira vez no jogo, o Timão resolveu jogar-se ao ataque, e foi a vez de Galatto trabalhar e defender forte chute de Dentinho. O jogo então ganhou em emoção, e foi o Furacão que abrir o placar, aos 6 minutos: Em falha da zaga corintiana, Paulo Baier, velho conhecido corintiano, bateu de primeira bola recebida de Wallyson:1x0.
Em desvantagem, nada restou ao Timão a não ser o ataque: Aos 12, Ronaldo cruzou com perfeição para Elias, que resolveu aparecer no jogo, mas chutou para fora. A pressão corintiana cresceu, mas expôs a desfalcada defesa do time.Aos 22 minutos, em rápido e fulminante contra-ataque, Paulo Baier tocou para Wallyson aumentar: 2X0. Mano Menezes, então, ouvindo os pedidos da Fiel, colocou Defederico no lugar de Edno, e, em sucessivas trocas , Jucilei por Marcelo Mattos, e Souza por Marcinho, viu o time diminuir a vantagem dos paranaenses: Ronaldo bateu falta na esquerda, Chicão desviou de cabeça, e Jucilei finalizou: 2x1.
Apesar do rolo compressor imprimido pelo Timão no fim do jogo, o goleiro Galatto matou as pretensões corintianas, fazendo excelentes defesas em chutes de Ronaldo e Defederico. Para piorar as coisas, Wesley chutou fraquinho, e Felipe tomou frango histórico. Dia para corintiano esquecer.

7 comentários:

  1. O Time precisa buscar bons jogadores para compor o elenco, e reforçar a defesa! Hoje, o Atlético mereceu a vitória ! Abs!!

    ResponderExcluir
  2. Bom, as esperaanças acho que se foram de vez, né? Perder pro Atlético Paranaense em casa é vergonhoso! E com um frangaço daqueles, pior ainda...

    ResponderExcluir
  3. É... pois é... é por isso que a segundona chama-se Série B e a primeirona chama-se Série A. Uma coisa não nada a ver com a outra, mesmo com uma pá de reforços e muito bla bla bla da cartolagem.

    Começar a falar menos e a jogar mais, né Senhor Presidente!!

    ResponderExcluir
  4. Na verdade, o time do segundo semestre não deu liga,alem do mais a preparação fisica era toda voltada para o primeiro semestre,agora é esperar o ano que vem,pois o brasileirão já foi,alias não ainda pode sim atrapalhar o palmeiras e ajudar o meu tricolor.
    Abs!!!

    ResponderExcluir
  5. É aquele velho problema de ganhar a Copa do Brasil e relaxar depois no Campeonato Brasileiro. O time do Corinthians é muito bom e quando perde dá a desculpa que já está classificado para a Libertadores. O time podia pelo menos lutar mais para tentar o título brasileiro né.

    ResponderExcluir
  6. Pois é, Saulo. Relaxamento no Brasileiro e necessidade de renda não combinam! Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia a todos.. Não acho que seja relaxamento, o time corre o tempo todo, acho que é mais a parte física, depto médico e outros detalhes, do que relaxamento, é só perceber como o time joga quando tem pelo menos um titular na zaga, rara excesão o jogo do Góias, de resto qdo temos os titulares na zaga jogamos bem, só que teriamos que ter todos a disposição.. e não temos, então pecamos pelo desentrosamento.
    Agora o Frango do Felipe.. acontece.. fazia tempo que não acontecia.

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author