Duelo de Gigantes


Antes do jogo começar a promessa era de um duelo particular entre Bruninho e Marlon. Assim foi no primeiro set, os dois levantadores estavam abusando na criatividade e na audácia. Marlon fez um ponto de segunda e Bruninho retribuiu na sequência. O Cimed flutuava em quadra e todo mundo apostava que seria fácil, fácil como ontem.

Mero engano.
Não só de bons levantadores se faz um jogo de voleibol.

Dante, ainda é( Pra alegria da nossa seleção e dor de cabeça do técnico Bernardinho)aquele mesmo campeão olímpico, com técnica apurada, atitude, inteligência que o mantém na Seleção a mais de 10 anos. Como pontuou e desiquilibrou, foi o nome do jogo no lado do Brasil Vôlei Clube.

Com toda essa disposição o time paulista fechou o segundo set e ia embora no terceiro, quando o técnico Marcos Pacheco tirou o central Lucão, totalmente desconcentrado e fora do jogo, colocando Ialisson no time que começou a reencontrar a velha confiança.

Dizem todos os comentaristas do esporte que quando o jogo aperta aparecem os opostos: Bob não fugiu da briga e sagrou-se o maior pontuador da partida, e com uma virada milagrosa o time catarinense fechou o terceiro e mais emocionante set do jogo.


O quarto set mais um apagão da Cimed, não existia saque, recepção, passe, técnica, tática, nada. Só coração. Só emoção. Era amor por aquilo que estavam fazendo. ( Pensei em mandar o Hugo, o Borges e mais alguns do meu time passarem uma temporada lá para aprenderem)

Teríamos tie-breack. Jogo de vôlei bom nem sempre tem 5 sets, mas com certeza os mais emocionantes não perdem essa oportunidade de tirar o fôlego da torcida.

Era ponto aqui e ali.
Um lance de inteligência, nada de exageros.
Feijão com arroz.
Torcida de pé.
Oposto contra oposto.
Milagres de líbero dos dois lados.

Até que Thiago Alves, que esteve longe de ser brilhante como ontem resolveu sacar como se espera dele, com força, com raiva, com técnica e finalmente fechar o jogo e o campeonato. 15 x 13. Cimed Campeão Sul-americano de clubes. A bola caprichosa, ainda rolou pela fita até cair na quadra do Brasil Vôlei Clube.




Bruninho ao final disse que havia muita pressão sob o Cimed, que em 4 anos de existência foram uma vez vice e três vezes campeões da Super Liga, tinham a obrigação de ir ao Mundial.
Acho que não é apenas isso, um time que tem 5 jogadores de seleção: Bruno, Thiago Alves, Eder, Lucão e Mário Jr leva consigo essa responsabilidade e essa cobrança será sempre, onde estiverem.
Vide o Dante: ele é campeão olímpico e será sempre, em qualquer lugar.

Cimed - Florinópolis representará o Brasil no mundial do Qatar em novembro. Vamos Brasil!!!!

EQUIPES

CIMED - Bruninho, Bob, Thiago Alves, Renato, Éder e Lucão. Líbero – Mário Jr.

Entraram: Ialisson, Guilherme, Thales e Cássio.

Técnico – Marcos Pacheco

BRASIL VÔLEI CLUBE - Marlon, Najari, Rapha, Dante, Mauricio e Giovanni. Líbero: Gian.

Entraram: Fidele, Tuba, Renan

Técnico: Rubinho

Parciais: Cimed 3 sets a 2 Brasil Vôlei Clube (25/19, 15/25, 26/24, 19/25 e 15/13), no Centro de Eventos Multiuso, em São José (SC).

Fotos: Cristiano Andujar/CBV

7 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. O volei do Brasil está ótimo , temos ótimos jogadores.
    Entre eles estão Giba , Dante , Bruninho e o Marlon.
    Gosto muito de volei e sempre acompanho esse esporte.

    Abs

    Vejam Meu Blog
    http://saopauloblognews.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Que legal em poucos lugares podemos ler sobre o vôlei... e aqui no ZDA é frequente...parabéns!!

    ResponderExcluir
  4. Cara, que jogão... foi impressionante! Cinco sets alternando o domínio das equipes e um tie-break de tirar o fôlego mesmo!

    ResponderExcluir
  5. Oi Rafa!
    Vc convidou e vim conhecer...muito boa reportagem!!
    Super legal!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. O time da Cimed é muito forte,eles tem a base da nova geração do volei brasileiro,tenho certeza que vai colocar muito time grande da europa no chinelinho

    ResponderExcluir
  7. Volei Brasileiro já é o segundo esporte no coração do povo. Em matéria de seriedade e estrutura nem se fala. É um exemplo de organização e o trabalho de base é simplesmente fantástico. Orgulho-me de ser Brasileiro e ver a seleção e os clubes jogando nesse nível. Quem sabe um dia, nós apaixonados por Futebol ,possamos ver essa mesma demonstração de capacidade nos Clubes também daquele que ainda é o primeiro esporte do Brasil. Parabéns ao nosso Volei tanto na areia quanto nas quadras cobertas.

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author