A Alemanha soube se renovar.


A Alemanha, sem dúvidas, é uma das potências do futebol mundial. Junto com Brasil, Itália e Argentina, forma o quarteto fantástico do esporte mais popular do mundo, quando se fala em Seleções nacionais. Entretanto, recentemente, os germânicos passaram por um período de desconfiança em relação ao Nationalef. Após o tricampeonato em 1990, tiveram nas Copas seguintes - 1994, 1998 e 2002 - de confiar em uma geração talentosa, mas um tanto envelhecida. À medida que grandes astros como Lothar Mathäus, Jürgen Klinsmann e Andreas Brehme penduravam as chuteiras, a necessária renovação não ocorria com a qualidade desejada. É verdade que nesse espaço de tempo, os alemães conseguiram vencer uma Euro (1996) e chegar a uma final de Copa do Mundo (2002) , porém com times muito aquém de suas tradições.
Quando muitos imaginavam que o futebol alemão entraria em um gradadativo processo de decadência - semelhante ao que ocorreu com Hungria e Polônia, por exemplo -, surgiu uma nova geração de talentos. Entre eles, o ótimo lateral Phillipe Lahm e o excelente meia Bastian Schweinsteiger, ambos do Bayern de Munique, renovando as esperanças de que os tricampeões pudessem voltar a fazer frente aos grandes papões do futebol mundial. Embora esse vital rejuvenescimento tenha passado por um período turbulento no início, a confiança no trabalho foi mantida e os resultados começaram a aparecer, sendo o mais comemorado, o 3º lugar na Copa de 2006.
O reengrandescimento da Seleção Alemã parece não parar por aí. Com uma campanha irrepreensível nas Eliminatórias, a equipe do treinador Joachin Low está garantida na África do Sul. A classificação veio com uma vitória por 1 X 0 sobre a "enjoada" Rússia de Arshavin e Guus Hiddinjk, em plena Moscou. Contando com a base que fez um bom papel há 3 anos, acrescida de feras como Mesut Özil , a Alemanha 2010 tem agora um outro ponto importantíssimo a seu favor: um bom banco de reservas. Garotos como o endiabrado baixinho Marko Marin, do Werder Bremen, o volante Simon Rolfes e o atacante Patrick Helmes, ambos do Bayer Leverkussen, exibem perfeitas condições de serem titulares. A única dificuldade de Low encontra-se em achar um goleiro de confiança. Vários já foram testados, mas nenhum se destacou de forma mais contudente. Nada porém, que impeça que o Nationalef esteja no roll de favoritos na África do Sul.
Para completar a festa, os alemães reúnem motivos para crer que terão pelo menos mais uma geração de talentos depois de 2010. Tal confiança se deve ao bom desempenho dos garotos da Sub-20, que revelaram atletas de qualidade e deram um calor no Brasil, nas semi-finais do mundial da categoria. Tradicionalmente, a Alemanha nunca obteve muito sucesso nos duelos contra o escrete canarinho. De qualquer forma, é bom que Dunga fique de olhos bem abertos, pois os números às vezes mentem. Um bom restante de feriado e um abraço a todos!




Por Roberto Junior (colaborador de futebol internacional)

4 comentários:

  1. Com certeza a Alemanha é uma das grandes "armadas" mundiais no Futebol, e será uma força na Copa 2010, espero sinceramente que Argentina, França e Portugal também se possam juntar a este lote de potencias na Copa da África do Sul em 2010.
    Grande abraço.
    Ricardo Fernandes.

    ResponderExcluir
  2. RJ. Antigamente, a seleção da Alemanha era sempre temível, status que perdeu nas Copas mais recentes. Será que voltará a ser?

    ResponderExcluir
  3. Lembrou bem os casos de Hungria e Polônia... a Alemanha mostra mesmo que não deve cair no mesmo buraco.

    ResponderExcluir
  4. Dirceu, penso que sim. Vejo a atual geração com muito bons olhos. Além disso, em termos de peso de camisa, os alemães estão no mesmo nível de Brasil e Itália. Vão dar trabalho. Abraço, moçada!

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Zona do Agrião!


- Não deixe de Comentar;
- Aproveite para ser um de nossos seguidores;
- Mande suas sugestões;

Obrigado pela visita,

Equipe Zona do Agrião!

 

Flickr Photostream

Botafogo Flamengo Fluminense Vasco
Corinthians Palmeiras Santos São Paulo
Atlético MG Cruzeiro Grêmio Internacional

Twitter Updates

Meet The Author